Controle de temperatura PID auto-adaptativo é a melhor maneira de garantir a eficiência dos fornos industriais

Já deve estar claro que conquistar estabilidade das temperaturas ao longo do processo de tratamento térmico não é apenas uma questão de eficiência energética. É, também, um processo onde precisão influencia no resultado final. E é para evitar que mesmo as menores variações de temperatura ameacem o processo que o controle de temperatura PID auto-adaptativo se faz necessário.

De uma maneira bem simples, o PID é a composição de três ações quase intuitivas, desempenhadas pelos controladores da NOVUS através de um algoritmo muito aclamado pelo mercado. Ao monitorar o desempenho de fornos que possuem controladores como estes, fica evidente para operadores e gerentes de produção que o equipamento, não apenas é o melhor, mas também tem um desempenho impecável, recuperando-se rapidamente em casos de pequenas alterações.

A técnica de controle PID consiste em calcular um valor de atuação sobre o processo a partir de informações do valor desejado e do valor atual da variável do processo. Este valor de atuação sobre o processo é transformado em um sinal adequado ao atuador utilizado (válvula, motor, relé) e deve garantir um controle estável e preciso.

A correção precisa levar em conta a diferença entre o valor desejado e o atual, a proporção (tempo) em que o erro cresce e há quanto tempo a diferença está atuando no processo. É o algoritmo PID dos controladores de temperatura que atua nas correções e garante exposição uniforme respeitando as curvas de tratamento programadas.

PID auto-adaptativo: a precisão em primeiro lugar

Um controlador de temperatura PID auto-adaptativo é capaz de avaliar continuamente a precisão e estabilidade do controle e ajustar automaticamente seus parâmetros caso o desempenho não seja satisfatório, sem a interferência do usuário. Ainda é um recurso oferecido por poucos controladores industriais e desde 2002 a Novus. realizou intensas pesquisas na área de PID Auto-adaptativo que agoram resultam em produtos avançados no mercado

Ao longo dos últimos 20 anos, a empresa implantou inúmeros aperfeiçoamentos nos algoritmos de controle, incorporando ao PID clássico regras de otimização de desempenho desenvolvidas na sintonia de dezenas de milhares de malhas de controle.

A melhoria da sintonia de malhas de controle é um investimento de rápido retorno, já que malhas de controle mal sintonizadas elevam os custos. Dentre eles, a sintonia mal aplicada se reflete nos custos de energia elétrica, na quantidade de paradas para manutenção, na alta quantidade de refugo dos produto final. Como um todo, a sintonia fornecida pelo PID auto-adaptativo garante a estabilidade das condições ideais de produção.

 

Confira as opções de controladores de temperatura com PID auto-adaptativo:

N1200: alta precisão e robustez para ambientes industriais

  • Ideal para controle de alto desempenho nas mais exigentes aplicações. Seu avançado e
  • Garante resposta rápida e muito precisa em processos altamente dinâmicos de perfis complexos.
  • Sua robustez eletrônica e seu alojamento em material antichamas garantem a conformidade com as principais certificações de classe mundial para dispositivos industriais.

Conheça melhor o controlador N1200: clique aqui.

N120: versátil e preciso

  • Aceita a maioria dos sensores e sinais utilizados na indústria
  • Disponibiliza os principais tipos de saída necessários à atuação nos diversos processos, inclusive no tratamento térmico
  • Seu algoritmo PID auto-adaptativo ajusta os parâmetros PID continuamente.

Saiba mais sobre o controlador N120: clique aqui.

Registradores de dados e softwares supervisórios que atuam com controlador de temperatura PID

A atuação dos controladores de temperatura acontece durante o processo de tratamento térmico. Mas é possível ter ainda maior controle acompanhando e registrando os dados para avaliação posterior.

Além de oferecer uma gama de opções para o controle de temperatura PID, a NOVUS possui registradores e softwares de supervisão que complementam e dão total entendimento do funcionamento dos fornos para o cliente final.

Conheça os registradores (data loggers) e o FieldLogger. O acompanhamento e monitoramento dos controladores em tempo real ainda pode ser feito através do software gratuito FieldChart.

Entre em contato com um especialista [ CLIQUE AQUI] e entenda como o seu cliente pode ter maior confiança nos fornos que adquire com o kit completo de acessórios e soluções NOVUS.

 

Leia também:

Tendência de mercado: acompanhe em tempo real o funcionamento dos programas de curvas em tratamento térmico (rampas e patamares)

Conheça as 3 principais falhas no tratamento térmico e como evitá-las

Economize: descubra como ter mais estabilidade de temperatura no tratamento térmico

5 passos para digitalizar o processo de registro de temperatura (sem tirar os dados de você)